Sistema ERP: Para que serve e implantação

a historia das redes sociais
A história das redes sociais
janeiro 25, 2019
o que é persona
O que é persona e como criar uma
fevereiro 1, 2019
Show all

Sistema ERP: Para que serve e implantação

sistema erp

ERP (Enterprise Resource Planning) ou SiGe (Brazilian Integrated Business Management System) é um sistema de informação que integra todos os dados e processos de uma organização em um único sistema. A integração é vista de uma perspectiva funcional (nele estão integrados sistemas como finanças, contabilidade, recursos humanos, manufatura, marketing, vendas, compras) e de uma perspectiva sistemática (sistema de processamento de transações, gerenciamento de sistemas de informação, sistema de suporte a decisões, etc.).

Em geral, o ERP é uma plataforma de software projetada para integrar diferentes departamentos de uma empresa e para automatizar e armazenar informações comerciais.

Sistema erp para que serve

O ERP é um sistema para administração de empresas. Seu principal objetivo é gerenciar melhor os negócios e organizar informações para diminuir o tempo e o custo gastos no processo.

A empresa tem que gerenciar os passivos e recebíveis, as vendas e o pedido, a folha de pagamento dos funcionários, o acompanhamento de estoque, a emissão de nota fiscal e entre outros processos. Existem programas diferentes para cada tipo de função. É muito comum demorar um pouco para gerenciar todas as informações individualmente além, de se estar propensas a erros.

Ter acesso a todas essas informações em um único sistema diminuirá a ocorrência de erros, além de gerenciar e analisar todas essas informações mais rapidamente. Um software ERP é para isso.

Gerenciar todas as organizações em um único sistema favorece a comunicação entre todos os setores da organização: gerenciamento, financeiro recursos humanos, logística e produção. Por exemplo, o departamento de RH é responsável por divulgar todas as informações dos funcionários no programa. No entanto, a gestão de pagamentos de impostos, funcionários ou outras contas é financeira. O marketing da empresa consulta o sistema e pode coletar informações sobre o porquê de um produto não vender tanto quanto você acredita, e você pode imaginar uma estratégia para reverter essa situação para que não seja prejudicado. Os gerentes de produção podem reduzir as matérias-primas usadas na fabricação dos produtos, mas o comprador deve ficar atento para que o estoque mínimo de matérias-primas seja alcançado e reabastecido.

Mesmo que cada setor use um programa diferente que não se comunique entre si, ele é gerenciável, mas é evitado numa gestão empresarial pois, é provável que aconteçam erros e as perdas sejam muito consideráveis. Por exemplo, suponha que a equipe de produção use matérias-primas para produzir o produto e não informe ao departamento de compras que está quase no fim.

Se necessário, essa matéria-prima não está disponível e toda a produção está atrasada. Podemos atrasar a venda e atrasar a entrega de clientes, pois ele não recebeu o produto. Isso causa perda.

Implementação de um ERP

Para introduzir um sistema ERP na sua empresa, é preciso procurar ter uma conversa entre a empresa fornecedora do software, o departamento de gerenciamento e o departamento de TI com a pessoa responsável da empresa e assim procurar entender o que é mais adequado para o seu caso. O objetivo dessa conversa é descobrir como a empresa funciona, quais requisitos são atendidos e como o sistema é implantado para reduzir os custos iniciais do novo sistema.

Depois de decidir tudo o que é necessário para executar o software, a empresa de ERP precisa de tempo para fazer ajustes no sistema. Isso não vai acontecer de uma hora para outra. Quando estiver pronto para personalizar e tiver sido autorizado pelo administrador, o software será instalado.

O processo de instalação e adequação do software para a empresa é demorado e requer uma ligação direta com o suportar do ERP e para poder também tirar possíveis dúvidas que podem surgir. Depois de alguns meses, o sistema estará funcionando naturalmente. Neste ponto, você pode realmente ver todos os benefícios que o sistema de ERP traz para o negócio.

Ter um sistema de ERP não algo tão complicado e muito menos um bicho de sete cabeças. Uma das coisas que devem ser levadas em consideração é simplesmente qual a necessidade atual da empresa naquele momento e manter o máximo de contato possível com o suporte nos primeiros dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale comigo